TODOS OS VÍDEOS

Brunei aprova lei que pune relações homossexuais com morte

Brunei defendeu seu direito de implementar leis islâmicas que permitem a morte por apedrejamento como punição por adultério e relações homossexuais contra a crescente crítica global.

Reuters
publicidade