A revolta em Mianmar: músico registra violência em protestos contra golpe militar

23h43 (atualizado às 23h43)

Mais de 800 pessoas foram mortas desde que o exército de Mianmar tomou o poder no país, em fevereiro de 2021. Milhares de pessoas foram detidas, inclusive a mais votada na eleições presidenciais de 2020 e vencedora do Prêmio Nobel da Paz, Aung San Suu Kyi. As fronteiras do país estão fechadas e a internet, bloqueada, mas o povo segue registrando o que acontece durante a resistência ao regime. Em Yangon, maior cidade do país, o músico Bhone, de 18 anos, e sua irmã, Cindy, registraram por dois meses o que viram nas ruas da cidade. É o que você pode conferir neste vídeo da BBC. Reportagem: Banyol Kong Janoi e Poe Ei Phyu Câmeras: Zarchi e Banyol Kong Janoi Produção e direção: Rebecca Henschke e Kelvin Brown Edição: Kelvin Brown e Michael Latham Adaptação: Fernando Otto

BBC News Brasil BBC News Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC News Brasil.
Publicidade

Vídeos relacionados

Recomendado para você

Publicidade