0

UE excluirá Montenegro e Sérvia de lista de países liberados

Bloco prepara nova atualização de nações livres de restrições

15 jul 2020
07h45
atualizado às 09h24
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A União Europeia vai excluir Montenegro e Sérvia da lista de 15 países extracomunitários cujos residentes estão liberados para entrar no bloco.

Sérvia tem registrado protestos contra medidas de enfrentamento à pandemia de coronavírus
Sérvia tem registrado protestos contra medidas de enfrentamento à pandemia de coronavírus
Foto: EPA / Ansa - Brasil

A medida foi decidida nesta quarta-feira (15) pelos embaixadores dos Estados-membros em Bruxelas e, se não houver objeções das capitais, entrará em vigor já a partir desta quinta (16).

A lista inicial de países liberados foi aprovada no dia 30 de junho e também inclui Argélia, Austrália, Canadá, China, Coreia do Sul, Geórgia, Japão, Marrocos, Nova Zelândia, Ruanda, Tailândia, Tunísia e Uruguai, com a condição de que haja reciprocidade.

No entanto, cada Estado-membro da União Europeia tem autonomia para decidir sobre a entrada de pessoas provenientes desses locais. A Itália, por exemplo, exige quarentena de 14 dias para viajantes que tenham transitado por esses países.

Montenegro e Sérvia foram excluídos por causa do avanço da pandemia do coronavírus Sars-CoV-2 nos Bálcãs. A Sérvia tem 19 mil casos e 418 óbitos na crise sanitária, enquanto Montenegro soma 1,3 mil contágios e 24 mortes.

Os dois países, no entanto, têm registrado crescimento no número de casos diários nas últimas semanas, enquanto a UE vive uma fase descendente da curva epidemiológica.

Veja também:

Explosão no Líbano: BBC visita epicentro do desastre no porto de Beirute
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade