PUBLICIDADE

Mundo

Ucrânia diz ter atingido três sistemas de defesa aérea da Rússia na Crimeia ocupada

12 jun 2024 - 08h33
Compartilhar
Exibir comentários

As Forças Armadas da Ucrânia disseram nesta quarta-feira que atingiram três sistemas de mísseis terra-ar russos na Crimeia ocupada pela Rússia durante a noite, seu segundo ataque relatado contra as defesas aéreas na península nesta semana.

Os ataques tiveram como alvo um sistema S-300 e dois sistemas S-400 mais avançados perto de Belbek e Sevastopol, informou o Estado-Maior da Ucrânia.

"Como resultado dos ataques, dois radares dos complexos S-300 e S-400 foram destruídos. As informações sobre o terceiro radar estão sendo esclarecidas", disse no Telegram.

O governador de Sevastopol, instalado pela Rússia, disse que as defesas aéreas repeliram o ataque de mísseis durante a noite e que não houve danos.

Chats de mídia social locais relataram explosões na península do Mar Negro. A Reuters não conseguiu verificar os relatos de forma independente.

O Estado-Maior da Ucrânia também afirmou que o ataque causou a detonação de munições em todos os três locais atingidos.

Na segunda-feira, os militares ucranianos disseram que o ataque atingiu três sistemas de defesa aérea perto de Yevpatoriya e Chornomorske, na península, danificando também os radares.

Nos últimos dois anos da invasão em grande escala da Rússia, a Ucrânia realizou vários ataques aéreos e navais contra alvos russos na Crimeia e causou danos significativos à frota de Moscou no Mar Negro.

A Rússia anexou a Crimeia à força da Ucrânia em 2014 e a considera agora parte integrante de seu território. Kiev prometeu expulsar as forças russas da Crimeia, bem como de outros territórios ucranianos atualmente em poder de Moscou.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade