PUBLICIDADE

Ucrânia denuncia trama golpista envolvendo russos; Kremlin nega papel

26 nov 2021 12h00
ver comentários
Publicidade

A Ucrânia descobriu um complô de um golpe de Estado com o envolvimento de russos que deveria acontecer na semana que vem, disse o presidente Volodymyr Zelenskiy nesta sexta-feira em uma coletiva de imprensa.

26/11/2021
Serviço de Imprensa da Presidência Ucraniana/ Divulgação via REUTERS
26/11/2021 Serviço de Imprensa da Presidência Ucraniana/ Divulgação via REUTERS
Foto: Reuters

Zelenskiy não deu todos os detalhes da trama golpista, nem acusou o Estado russo de envolvimento, mas também falou longamente na coletiva de imprensa a respeito da ameaça de uma escalada militar russa e disse que a Ucrânia estaria pronta para ela.

O Kremlin negou rapidamente qualquer papel em uma trama de golpe, dizendo que não tem planos de participar de tais atos.

A Rússia está ampliando suas forças perto de sua fronteira com a Ucrânia. O governo ucraniano, os Estados Unidos e a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) expressaram preocupações a respeito de um possível ataque russo nos últimos dias, uma insinuação que o Kremlin refuta dizendo ser falsa e alarmista.

"Temos desafios não somente da Federação Russa e uma possível escalada, temos grandes desafios internos. Recebi informações de que um golpe de Estado acontecerá em nosso país em 1-2 de dezembro", disse Zelenskiy.

A Ucrânia tem gravações em áudio como indícios da trama golpista, acrescentou ele.

Ucrânia e Rússia trocaram acusações pelas tensões crescentes nas últimas semanas, elevando os temores de que um conflito prolongado entre a Ucrânia e separatistas apoiados pela Rússia volte a ganhar os contornos de uma guerra aberta.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade