0

Após taxar China, Trump pede ao país para não retaliar

Nesta segunda-feira (13), Trump disse que os consumidores norte-americanos não vão pagar por qualquer aumento nas taxas

13 mai 2019
08h05
atualizado às 09h07
  • separator
  • 0
  • comentários

Após aumentar as tarifas aos chineses, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pediu para a China não retaliar. Nesta segunda-feira (13), Trump disse que os consumidores norte-americanos não vão pagar por qualquer aumento nas taxas.

Presidente dos EUA, Donald Trump, em Washington 
05/02/2019
REUTERS/Jim Young
Presidente dos EUA, Donald Trump, em Washington 05/02/2019 REUTERS/Jim Young
Foto: Reuters

"Não há motivo para o consumidor dos EUA pagar as tarifas, que entram em vigor sobre a China hoje...a China não deveria retaliar - só vai piorar!", escreveu Trump no Twitter, acrescentando que as tarifas podem ser evitadas se as indústrias mudarem a produção da China para outros países.

"Eu digo abertamente ao presidente Xi e a todos os meus muitos amigos na China que a China será afetada com força se vocês não fizerem um acordo, porque as empresas serão forçadas a deixar a China e ir para outros países. Caro demais comprar na China. Vocês tinham um ótimo acordo, quase finalizado, e voltaram atrás", disse Trump.

Veja também:

 

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade