0

Senado da Itália vota suspensão de imunidade de Salvini no caso de imigrantes

12 fev 2020
12h31
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Senadores italianos aprovaram nesta quarta-feira a suspensão da imunidade do líder de extrema-direita Matteo Salvini, abrindo caminho para um julgamento que pode encerrar sua carreira política devido a acusações de que deteve ilegalmente uma embarcação de imigrantes no mar em 2019.

Líder de extrema-direita italiano Matteo Salvini
12/02/2020
REUTERS/Guglielmo Mangiapane
Líder de extrema-direita italiano Matteo Salvini 12/02/2020 REUTERS/Guglielmo Mangiapane
Foto: Reuters

O resultado da votação deve ser formalmente anunciado por volta de 15h (horário de Brasília), mas uma contagem da Reuters apontou que a maioria é a favor de remover a proteção legal de Salvini como ex-ministro.

A decisão dá aval para que magistrados da Sicília sigam em frente com as acusações contra Salvini por sua decisão de manter 131 imigrantes resgatados a bordo de um navio da guarda costeira por seis dias em julho de 2019, enquanto aguardava que outros países da União Europeia concordassem em recebê-los.

Líder do partido italiano Liga e ministro do Interior na época, Salvini pode enfrentar até 15 anos de prisão se for declarado culpado ao fim do tortuoso processo. A condenação também poderia impedi-lo de ocupar cargos políticos, arriscando suas ambições de liderar um futuro governo italiano.

Veja também:

Bilby, o estranho animal com 'orelhas de coelho' que volta à natureza após quase desaparecer
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade