PUBLICIDADE

Sardenha e Sicília vão às urnas em eleições municipais

Eleitores votam neste domingo e na segunda-feira

10 out 2021 15h28
| atualizado às 15h40
ver comentários
Publicidade

As ilhas da Sardenha e Sicília, no sul da Itália, vão às urnas entre este domingo (10) e segunda-feira (11) nas eleições municipais, uma semana depois do pleito realizado no restante do país.

Sardenha e Sicília vão às urnas em eleições municipais
Sardenha e Sicília vão às urnas em eleições municipais
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

Inicialmente, as eleições estavam previstas para o primeiro semestre de 2021, mas acabaram adiadas devido à pandemia do novo coronavírus.

As duas regiões têm condições especiais de autonomia e, portanto, realizam a votação em dias diferentes. As urnas ficarão abertas até às 23h (horário local) deste domingo e voltam a funcionar na segunda-feira, das 7h às 15h (horário local).

Na Sardenha a votação acontece em 98 municípios, de um total de 377. Somente três cidades - Capoterra, Carbonia e Olbia - contabilizam mais de 15 mil residentes, sendo que duas delas, Carbonia (26.472 habitantes) e Capoterra (22.435), vão às urnas nos dias 24 e 25 de outubro.

Em Olbia (60.491 habitantes), competem apenas dois candidatos: o ex-prefeito de centro-direita Settimo Nizzi (FI) e Augusto Navone, apoiado por uma coalizão cívica. Desta forma, o resultado será conhecido já no primeiro turno.

Apenas 27 dos 98 municípios ultrapassam a marca de 3 mil habitantes. Ao todo, 84% dos candidatos a prefeito são homens, enquanto as mulheres são 16%.

Já na Sicília, onde será feita a renovação de prefeitos e câmaras municipais, as urnas foram abertas em 42 cidades.

Entre os maiores municípios com direito a voto estão Vittoria, na província de Ragusa; Alcamo, na área de Trapani; Caltagirone, Adrano e Giarre, na província de Catania; Canicattì, Favara e Porto Empedocle, na região de Agrigento; Lentini, Noto, Pachino e Rosolini, na província de Siracusa; e San Cataldo, na zona de Nisseno.

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade