PUBLICIDADE

Rússia diz que está pronta para retomar negociações com Ucrânia

Assessor do Kremlin ainda acusou o Ocidente de tentar fazer da Ucrânia sua escrava mediante dependência financeira

22 mai 2022 16h11
| atualizado às 16h52
ver comentários
Publicidade
Rússia diz que está pronta para retomar negociações com Ucrânia
Rússia diz que está pronta para retomar negociações com Ucrânia
Foto: EPA / Ansa - Brasil

O principal negociador da Rússia com a Ucrânia anunciou neste domingo, 22, que o governo de Vladimir Putin está disposto a retomar as conversas com Kiev. "Da nossa parte, estamos prontos para continuar o diálogo", disse o assessor do Kremlin, Vladimir Medinsky, em entrevista à TV bielorrussa.

De acordo com o russo, citado pela agência Ukrinform, o congelamento das negociações foi uma iniciativa "inteiramente" da Ucrânia.

"A bola está completamente do lado deles. A Rússia nunca recusou as negociações", enfatizou o porta-voz, que acusou o Ocidente de tentar fazer da Ucrânia sua escrava mediante dependência financeira.

Hoje, inclusive, durante discurso no Parlamento da Ucrânia, o presidente da Polônia, Andrzej Duda, lamentou que alguns países europeus tenham pedido ao governo ucraniano para aceitar "certas exigências" do presidente russo, Vladimir Putin, pelos seus interesses econômicos ou ambições políticas.

Além disso, o líder polonês ressaltou que manter uma postura de "negócios como sempre" com a Rússia é impossível após os supostos massacres. "Depois de Bucha, Borodianka, Mariupol, não pode haver negócios como sempre com a Rússia", disse ele, ressaltando que não é possível esquecer "os crimes, as agressões, os direitos fundamentais que foram pisoteados". 

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade