PUBLICIDADE

Rússia classifica como 'extremistas' organizações de Navalny

9 jun 2021 18h05
ver comentários
Publicidade

Um tribunal de Moscou classificou nesta quarta-feira (9) como "extremistas" as organizações políticas lideradas pelo opositor russo Alexei Navalny.
    Com a decisão, ficam proibidas todas as atividades ligadas ao opositor de Vladimir Putin, além de deixar os participantes passíveis de processo penal.
    "Fica demonstrado que estas organizações não só difundiam voluntariamente informações que incitavam ao ódio e à hostilidade contra os representantes do poder, mas que além disso cometiam crimes e delitos extremistas", declarou aos jornalistas um representante da Promotoria, Elexey Jafiarov.
    Segundo comunicado judicial, os escritórios da rede regional de Navalny e sua organização anticorrupção foram rotulados de extremistas e banidos com efeito imediato.
    Logo depois, Navalny comentou a decisão e ressaltou que não irá recuar. "Vamos administrar, vamos evoluir, vamos nos adaptar.
    Mas não vamos recuar de nosso objetivos e nossas ideias. Este é o nosso país e não temos outros", escreveu em sua conta no Instagram.
    Atualmente, o dissidente russo está preso por uma suposta violação do regime domiciliar de uma condenação de 2014. O opositor não compareceu a uma audiência de última hora perante um juiz de custódia, no fim de dezembro do ano passado, porque estava em tratamento médico em Berlim.
    O advogado foi alvo de um envenenamento em agosto do mesmo ano enquanto ia da Sibéria para Moscou.

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade