1 evento ao vivo

Roma batizará rua com nome de ícone fascista

A moção foi aprovada com votos da direita e do M5S

14 jun 2018
15h25
  • separator
  • comentários

A Câmara Municipal de Roma aprovou nesta quinta-feira (14) uma moção para rebatizar uma praça ou uma rua da cidade com o nome de Giorgio Almirante (1914-1988), um dos ícones do fascismo na Itália.

Giorgio Almirante pertencia ao partido de Benito Mussolini
Giorgio Almirante pertencia ao partido de Benito Mussolini
Foto: Ansa / Ansa - Brasil

O texto é de autoria do partido de ultradireita Irmãos da Itália (FDI) e contou com o apoio de outras legendas conservadoras e do antissistema Movimento 5 Estrelas (M5S), sigla da prefeita Virginia Raggi e que governa o país em coalizão com a Liga.

"Vitória histórica da direita italiana e romana", comemorou o líder do FDI na Câmara Municipal, Fabrizio Ghera. Uma das vereadoras que votaram no projeto é Rachele Mussolini, neta de Benito Mussolini. O Partido Democrático (PD), de centro-esquerda, abandonou o plenário no momento da votação.

No passado, a comunidade judaica de Roma já havia criticado a hipótese de homenagear Almirante, acusando-o de ter colaborado com ideais de "defesa da raça". Ex-membro do Partido Nacional Fascista (PNF), liderado por Mussolini, Almirante foi deputado da Itália de 1948 a 1988 e secretário do Movimento Social Italiano (MSI), que defendia o ideário do fascismo.

Além disso, foi ministro da Cultura Popular da República Social Italiana (RSI), a "República de Saló", estabelecida pela Alemanha nazista sob um governo fantoche de Mussolini para comandar os territórios da Itália em poder de Berlim.

Em uma entrevista "secreta" feita em 1980, mas divulgada apenas em 2009, Almirante disse que não queria "morrer como fascista" e que acreditava nas instituições e na Constituição da Itália. 

Ansa - Brasil   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade