PUBLICIDADE

Rebeldes do ELN matam 5 soldados em ataque com bomba na Colômbia

27 fev 2018 11h11
| atualizado às 11h32
ver comentários
Publicidade

Ao menos cinco soldados colombianos foram mortos e mais de 10 ficaram feridos na manhã desta terça-feira em ataque conduzido pelos rebeldes marxistas do Exército de Libertação Nacional (ELN) perto da fronteira com a Venezuela, disse o Exército da Colômbia.

Rebeldes do Exército de Libertação Nacional (ELN) levantam bandeira no noroeste da Colômbia  REUTERS/Federico Rios.
Rebeldes do Exército de Libertação Nacional (ELN) levantam bandeira no noroeste da Colômbia REUTERS/Federico Rios.
Foto: Reuters

O ataque aconteceu um dia depois que o ELN disse que iria implementar um cessar-fogo unilateral durante eleições parlamentares no próximo mês. O governo havia dito que o gesto era o tipo de ação necessária para retomar conversas de paz paralisadas entre os dois lados.

Durante o ataque desta terça-feira, as guerrilhas bombardearam veículos militares na estrada entre as cidades de Tibu e Salazar de las Palmas, na província de Norte de Santander.

"Houve uma ação terrorista com a detonação de um dispositivo explosivo instalado por membros da unidade Juan Fernando Porras Martinez do ELN", disse o Exército em comunicado.

O governo suspendeu negociações de paz com o ELN em janeiro, após o final do primeiro cessar-fogo bilateral, quando os rebeldes voltaram a atacar forças de segurança e gasodutos. Em apenas um final de semana do último mês, oito policiais morreram e mais de quarenta pessoas ficaram feridas.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade