0

Presidente do México pressiona EUA por detalhes de prisão de esposa de El Chapo

23 fev 2021
15h00
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O presidente do México disse nesta terça-feira que a prisão da esposa do chefe mexicano do narcotráfico atualmente preso Joaquin "El Chapo" Guzmán nos Estados Unidos é assunto norte-americano, mas pediu para as autoridades ao norte da fronteira fornecerem mais informações sobre o caso.

Esposa de traficante Joaquín "El Chapo" Guzmán, Emma Coronel Aispuro, deixa tribunal em Nova York
05/02/2019 REUTERS/Jeenah Moon
Esposa de traficante Joaquín "El Chapo" Guzmán, Emma Coronel Aispuro, deixa tribunal em Nova York 05/02/2019 REUTERS/Jeenah Moon
Foto: Reuters

Emma Coronel Aispuro foi presa em um aeroporto nos arredores de Washington e acusada de ajudar Guzmán a continuar administrando seu cartel durante seu encarceramento.

O presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, disse aos repórteres em uma coletiva de imprensa matutina de rotina que espera que o governo dos EUA compartilhe mais informações sobre a prisão.

"É uma questão que os Estados Unidos decidirão", disse, especulando que a prisão pode estar ligada ao caso do ex-ministro da segurança mexicano Genaro García Luna, que também foi alvo de acusação criminal em um tribunal norte-americano no ano passado.

Coronel Aispuro, ex-miss de 31 anos, foi presença constante no julgamento de grande destaque de seu marido em Nova York dois anos atrás, quando ele foi condenado por traficar toneladas de drogas aos EUA.

O Departamento de Justiça norte-americano a acusou de conspirar para importar drogas, inclusive heroína, cocaína e metanfetamina, para os EUA, e ela deve comparecer a uma corte de Washington ainda nesta terça-feira.

Veja também:

O menino cego de 9 anos que dá aula em escola destruída pela guerra no Iêmen
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade