2 eventos ao vivo

Presidente diz que não sancionará novo nome da Macedônia

País chegou a acordo com a Grécia para mudar sua denominação

13 jun 2018
17h16
  • separator
  • comentários

O presidente da Macedônia, Gjorge Ivanov, afirmou que não sancionará o acordo com a Grécia para mudar o nome do país, que coincide com o de uma região do país vizinho.
    "Não legalizarei atos ilegais", afirmou Ivanov, ressaltando que o processo de mudança se deu de maneira "irresponsável e não transparente". Contudo, o país ainda realizará um referendo sobre o assunto. Caso os cidadãos votem a favor de uma nova designação para a Macedônia, o mandatário poderia se ver pressionado a oficializar a "República da Macedônia do Norte".
    Na última terça-feira (12), o primeiro-ministro da Macedônia, Zoran Zaev, e seu homônimo da Grécia, Alexis Tsipras, anunciaram um acordo para alterar o nome do país balcânico para República da Macedônia do Norte, encerrando um impasse de décadas.
    Atenas rejeita o nome atual do vizinho, já que "Macedônia" é uma região da Grécia, e o considera uma apropriação da cultura helênica. Após a dissolução da Iugoslávia, o território vizinho foi reconhecido internacionalmente como "Ex-República Iugoslava da Macedônia" por causa da resistência grega.

Ansa - Brasil   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade