2 eventos ao vivo

May tenta convencer ministros a aceitarem acordo do Brexit

Oposição diz que acordo de separação do país do restante da União Europeia pode ameaçar a unidade do Reino Unido

14 nov 2018
07h25
atualizado às 11h31
  • separator
  • comentários

A primeira-ministra britânica, Theresa May, tentará convencer ministros de seu gabinete, nesta quarta-feira, a aceitarem um esboço do acordo de separação do país do restante da União Europeia, que oponentes dizem que pode colocar em risco o próprio governo e ameaçar a unidade do Reino Unido.

À medida que a União Europeia se prepara para o maior divórcio de sua história, a líder britânica precisa conseguir que o acordo seja aprovado pelo Parlamento antes da data de saída do bloco, no dia 29 de março de 2019.

Premiê britânica, Theresa May 24/10/2018 REUTERS/Simon Dawson
Premiê britânica, Theresa May 24/10/2018 REUTERS/Simon Dawson
Foto: Reuters

Integrantes do Partido Conservador, de May, que apoiam o Brexit acusaram a primeira-ministra de se render à União Europeia e disseram que não aprovarão o acordo, enquanto o partido da Irlanda do Norte que apoia o governo minoritário da premiê colocou em dúvida se ela conseguirá a aprovação do Parlamento.

O gabinete britânico se reunirá ao meio-dia (horário de Brasília) desta quarta-feira.

"Pelo que vimos e ouvimos, nós não acreditamos que esse acordo é o melhor acordo", disse Jeffrey Donaldson, parlamentar do Partido Unionista Democrático da Irlanda do Norte (DUP), que apoia o governo de May.

"Esse acordo tem o potencial de levar à separação do Reino Unido e isso não é algo que podemos apoiar", disse Donaldson, acrescentando que não tem medo de uma nova eleição.

Veja também:

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade