PUBLICIDADE

Prefeito de Veneza 'detém' homem por mergulhar no Canal Grande

Indivíduo foi multado em 459 euros

13 mai 2022 13h19
| atualizado às 13h44
ver comentários
Publicidade

O prefeito de Veneza, Luigi Brugnaro, interviu pessoalmente para deter um homem que havia mergulhado no Canal Grande, prática que é proibida pelo código de decoro da cidade.

O prefeito de Veneza, Luigi Brugnaro (ao lado do policial), em foto de 2019
O prefeito de Veneza, Luigi Brugnaro (ao lado do policial), em foto de 2019
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

O episódio ocorreu na tarde da última quinta-feira (12), quando Brugnaro, de centro-direita, viu um homem nadando no principal canal da cidade e ordenou que seu barco mudasse de rota, encaminhando-se até a margem.

O prefeito desceu da embarcação e caminhou até o indivíduo, que saiu da água vestindo apenas uma cueca. Enquanto assessores chamavam a polícia, Brugnaro conversou com o homem e ficou parado à beira do canal para impedir que ele fugisse.

Depois, com a chegada dos agentes, o indivíduo ficou ainda mais alterado e tirou até a cueca. Ele acabou multado em 459 euros (R$ 2,4 mil) por mergulho abusivo e vai responder na Justiça por atos obscenos em lugar público, resistência à polícia e perigo à navegação.

O Canal Grande é a principal via aquática de Veneza e tem uma intensa movimentação de barcos durante todo o dia. Para evitar transtornos, a prefeitura proíbe mergulhos nesse e em outros canais da cidade.

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade