PUBLICIDADE

Pfizer e BioNTech aguardam dados em breve sobre proteção de vacina contra nova variante da Covid

26 nov 2021 16h42
ver comentários
Publicidade

A BioNTech disse nesta sexta-feira que aguarda mais dados sobre uma nova variante de preocupação do coronavírus detectada na África do Sul dentro de duas semanas para ajudar a determinar se a vacina produzida pela empresa com a parceira Pfizer terá que ser reformulada.

Seringa com dose de vacina da Pfizer contra Covid-19 em Nova York
23/02/2021
REUTERS/Brendan McDermid
Seringa com dose de vacina da Pfizer contra Covid-19 em Nova York 23/02/2021 REUTERS/Brendan McDermid
Foto: Reuters

Pfizer e BioNTech disseram que, se necessário, acreditam conseguir entregar uma nova vacina feita sob medida para a nova variante em aproximadamente 100 dias.

"Entendemos a preocupação dos especialistas e iniciamos imediatamente investigações sobre a variante B.1.1.529", disse a BioNTech em um comunicado quando instada a comentar.

"Esperamos mais dados de testes de laboratório no máximo em duas semanas. Estes dados fornecerão mais informações para se saber se a B.1.1.529 poderia ser uma variante de fuga que pode exigir um ajuste de nossa vacina se a variante se disseminar globalmente", acrescentou.

Variantes de fuga são aquelas que escapam da reação imunológica esperada que é causada pela vacinação.

Autoridades globais reagiram com alarme à nova variante nesta sexta-feira, e União Europeia e Reino Unido estão entre os que anunciam controles de fronteira mais rigorosos enquanto cientistas tentam determinar se a mutação é resistente a vacinas.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade