0

Papa participa do funeral de seu médico pessoal no Vaticano

Fabrizio Soccorsi morreu em decorrência de complicações da Covid

26 jan 2021
15h48
atualizado às 16h00
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O papa Francisco participou na tarde desta terça-feira (26), no Vaticano, do funeral de seu médico pessoal Fabrizio Soccorsi, morto no último dia 9 de janeiro por conta de complicações ligadas à Covid-19.

Foto de arquivo de encontro entre o papa Francisco e Fabrizio Soccorsi
Foto de arquivo de encontro entre o papa Francisco e Fabrizio Soccorsi
Foto: EPA / Ansa - Brasil

A informação foi confirmada pelo diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Matteo Bruni.

Segundo o porta-voz, o Pontífice foi à Igreja de Maria Regina della Famiglia, no Palácio do Governatorato, para acompanhar a celebração comandada pelo secretário de Estado do Vaticano, o cardeal Pietro Parolin.

Soccorsi, de 78 anos, trabalhava com Jorge Bergoglio desde 2015 e faleceu no hospital Policlínico Gemelli, de Roma, em decorrência de complicações causadas pelo novo coronavírus Sars-CoV-2, apesar de lutar contra um câncer.

Ao longo de sua carreira, o profissional atuou tanto no atendimento do serviço público como em áreas de pesquisa e administração de diversas instituições da capital italiana. Entre as universidades em que atuou, está a La Sapienza, uma das mais importantes do país.

Além disso, antes de ser médico pessoal de Francisco, Soccorsi trabalhou como consultor da Direção de Saúde e Higiene do Governo de Estado da Cidade do Vaticano e como perito de consulta médica da Congregação da Causa dos Santos. .
   

Veja também:

O menino cego de 9 anos que dá aula em escola destruída pela guerra no Iêmen
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade