3 eventos ao vivo

Palestinos voltarão às urnas depois de mais de 15 anos

Territórios votarão em maio, julho e agosto deste ano

15 jan 2021
17h26
atualizado às 18h11
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, publicou nesta sexta-feira (15) um decreto com a data das eleições legislativas, presidenciais e para o Conselho Nacional.

Palestinos poderão voltar às urnas neste ano
Palestinos poderão voltar às urnas neste ano
Foto: EPA / Ansa - Brasil

Com isso, os moradores dos territórios palestinos votarão nas legislativas em 22 de maio e nas presidenciais em 31 de julho - ambas as votações haviam sido realizadas em janeiro de 2006 e em janeiro de 2005, respectivamente. No dia 31 de agosto, será realizada a disputa para o Conselho Nacional.

Segundo o decreto-lei, as eleições "são a primeira fase para a consequente formação do Conselho Nacional Palestino, que representa os palestinos na pátria, no exterior e na diáspora".

A cerimônia da assinatura do documento ocorreu após Abbas receber o presidente do Comitê Eleitoral Central (CEC), Hanna Nasser, no Palácio Presidencial em Ramalah, na Cisjordânia. O presidente da ANP pediu que as agências estatais se preparem "para um processo democrático que será realizado em todos os governos da Palestina, incluindo Jerusalém".

Essa última área está sob controle israelense, visto que foi anexada depois da guerra de 1967 e é considerada parte do Estado de Israel. .
   

Veja também:

O menino cego de 9 anos que dá aula em escola destruída pela guerra no Iêmen
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade