PUBLICIDADE

Padre católico alemão é detido em caso de abuso sexual infantil

28 jan 2022 12h50
ver comentários
Publicidade

Um tribunal alemão ordenou a prisão provisória de um padre católico durante seu julgamento por acusações de abuso sexual de crianças, decidindo que há um risco de que ele possa cometer novos abusos.

A decisão do tribunal distrital de Colônia, tomada na quinta-feira, ocorreu no mesmo dia em que um cardeal católico prometeu aprender com um relatório que detalha centenas de casos de abuso sexual nos últimos 75 anos em sua arquidiocese.

As audiências do último caso na Justiça, que acontecem desde novembro do ano passado, revelaram novas vítimas em potencial, uma delas reportou que foi abusada em 2019, afirmou o tribunal de Colônia.

O padre foi identificado apenas como Hans Ue., já que a ocultação do sobrenome completo é comum durante casos na Justiça alemã.

"Devido ao grande número de possíveis abusos, alguns deles que podem ter ocorrido em um passado recente, o tribunal concluiu que há um risco de repetição do crime", afirmou a corte em nota.

O réu foi levado a uma unidade de detenção imediatamente após a audiência, acrescentou o comunicado.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade