0

Síria: oposição cobra da ONU detalhes de acordo sobre armas químicas

28 jul 2013
08h43
atualizado às 09h58
  • separator
  • 0
  • comentários

A oposição síria pediu que a ONU revele os detalhes do acordo alcançado com o governo sírio para investigar o eventual uso de armas químicas na guerra, em um comunicado divulgado neste domingo.

A coalizão da oposição síria, que acusa o governo de ter utilizado armas químicas, "exige que a (Organização das) Nações Unidas revele os detalhes do acordo que estabeleceu com o regime", disse o comunicado. O chefe da missão das Nações Unidas encarregada de investigar na Síria, "Ake Sellstrom, deve anunciar os resultados de sua última visita a Damasco", disse o comunicado.

Sellstrom deve publicar "relatórios periódicos sobre os resultados de seu trabalho em cooperação com a Coalizão", acrescentou o comunicado. "Alguns locais onde o regime utilizou armas químicas formam parte das regiões libertadas pelo Exército Sírio de Libertação (ESL) e a investigação da ONU só será completa se os inspetores forem a estes locais", concluiu o comunicado.

A Coalizão opositora disse que dará "todas as facilidades" necessárias aos inspetores da ONU.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade