0

Papa felicita Obama por vitória e pede a Deus que o ajude

7 nov 2012
16h31
atualizado às 16h50

O papa Bento XVI enviou nesta quarta-feira um telegrama de felicitação a Barack Obama por sua reeleição como presidente dos Estados Unidos, no qual assegura que pede a Deus que o ajude em sua responsabilidade. A mensagem, informou o Vaticano, foi enviada através da Nunciatura (embaixada) da Santa Sé em Washington.

Muitas imagens marcaram as eleições americanas deste ano. Em Nova York, no bairro de Saten Island, um dos mais afetados pela tempestade Sandy, uma menina de 3 anos usa a fantasia de Capitão América em um dos locais de votação. A seguir, veja mais fotos marcantes das eleições presidenciais americanas
Muitas imagens marcaram as eleições americanas deste ano. Em Nova York, no bairro de Saten Island, um dos mais afetados pela tempestade Sandy, uma menina de 3 anos usa a fantasia de Capitão América em um dos locais de votação. A seguir, veja mais fotos marcantes das eleições presidenciais americanas
Foto: AFP

O essencial do dia em que os EUA reelegeram Obama
Obama revisita esperança e diz que "o melhor está por vir"
Romey admite derrota: "eleição acabou, mas princípios permanecem"
Fotos: os democratas comemoram e os republicanos choram
Confira como foi o dia de votação nos 50 Estados americanos

Confira os especiais das eleições nos EUA
Confira a apuração nos EUA em tempo real
Terra acompanha dia decisivo para o futuro dos EUA
Especial traz reportagens dos bastiões democratas e republicanos
Veja os vídeos sobre as eleições americanas

"Bento XVI pede a Deus para que lhe auxilie em suas altíssimas responsabilidades perante o país e a comunidade internacional e para que os ideais de liberdade e justiça que guiaram aos fundadores dos Estados Unidos da América continuem resplandecendo no caminho da nação", diz a mensagem.

O porta-voz vaticano, Federico Lombardi, declarou que a missão do presidente dos EUA é de "grande responsabilidade" não só para seu grande país, mas também para todo o mundo, dado o papel dos EUA no cenário internacional. "Por isso, todos desejamos ao presidente Obama que possa responder às esperanças postas nele por seus compatriotas, para que possa servir ao bem-estar de todas as pessoas, o respeito dos valores humanos e espirituais essenciais, a promoção da cultura da vida e da liberdade religiosa".

Lombardi também espera que Obama possa promover "eficazmente o desenvolvimento humano integral, a justiça e a paz no mundo".

EFE   
publicidade