1 evento ao vivo

Israel apoiará esforços de paz americanos, apesar de divergências

20 mai 2013
12h10
atualizado às 13h24

O governo israelense de centro-direita vai apoiar os "esforços dos Estados Unidos para retomar as negociações de paz entre Israel e a Autoridade Palestina, apesar da posição intransigente de alguns ministros e partidos membros da coalizão", indicou um deputado na segunda-feira.

"Se (o primeiro-ministro Benjamin) Netanyahu seguir o caminho proposto pelo secretário de Estado americano, John Kerry, terá o total apoio da (...) maioria do Parlamento", declarou Ofer Selá, do partido Yesh Atid, que faz parte da coalizão governista.

Kerry, que realizou várias visitas à região, a fim de promover as negociações de paz, voltará à região na quinta-feira pela quarta vez desde que tomou posse, em fevereiro.

"Resolver o conflito israelense-palestino" é essencial para o povo de Israel e de todo o governo israelense", considerou Selá.

O deputado acrescentou que o primeiro-ministro pode contar com o apoio total de Yair Lapid (ministro das Finanças) e seu partido Yesh Atid", o segundo maior no Parlamento.

Estas declarações ocorrem depois que, em uma entrevista publicada no domingo no jornal New York Times, Lapid se declarou contra a paralisação da construção dos assentamentos e a transferência de Jerusalém Oriental para a Autoridade Palestina, duas das demandas do povo palestino.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade