0

EUA eximem de sanções 11 países que importam petróleo do Irã

20 mar 2012
16h18
atualizado às 16h43

A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, disse nesta terça-feira que seu país eximirá 11 países, entre eles membros da União Europeia (UE) e o Japão, das sanções relativas ao Irã, mas pediu para que os países reduzissem sua dependência do petróleo de Teerã. De acordo com uma nova legislação, destinada a pressionar o Irã para que suspenda seu programa nuclear, os Estados Unidos cogitam penalizar as instituições financeiras que comercializarem com o banco central do país asiático, que em geral maneja as exportações de petróleo.

Esta exceção, que possui duração de 180 dias e é passível de ser renovada, diz respeito à Alemanha, Bélgica, França, Grã-Bretanha, Holanda, Espanha, Grécia, Itália, Japão e República Checa, segundo comunicado de Hillary, que destaca que os países envolvidos já reduziram significativamente o volume de suas importações de petróleo iraniano.

"As ações tomadas por estes países não foram fáceis", disse Clinton em um comunicado. "Eles tiveram que replanejar suas necessidades energéticas em um momento crítico para a economia mundial e começar rapidamente a encontrar alternativas para o petróleo iraniano, do qual muitos deles têm sido dependentes", afirmou Hillary.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade