0

Assad: morte de Chávez é 'grande perda para o povo sírio'

6 mar 2013
14h37
atualizado às 15h00
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O chefe de Estado sírio, Bashar al-Assad, saudou a memória do presidente venezuelano Hugo Chávez e afirmou que sua morte é "uma grande perda" para ele e para o povo sírio.

"O presidente Assad apresenta suas condolências ao povo venezuelano e ao vice-presidente Maduro. O desaparecimento deste líder único é uma grande perda para mim pessoalmente e para o povo sírio, da mesma forma que o é para o povo da Venezuela", afirmou em um comunicado difundido pela televisão oficial síria.

O presidente Chávez faleceu terça-feira de um câncer.

"O povo sírio e eu estamos orgulhosos dos progressos qualitativos nas relações entre os dois países (...), ele era um amigo fiel que se opunha a guerra realizada contra a Síria", acrescentou Assad, cujas declarações foram difundidas pela agência oficial Sana.

O presidente venezuelano era um aliado do regime sírio, que enfrenta desde março de 2011 uma contestação popular transformada em revolta armada.

"Chávez soube preservar a soberania de seu país e apresentar uma resistência histórica ante as tentativas dos Estados Unidos de impor sua dominação sobre os Estados. Ele garantiu a soberania da Venezuela e apoiou a liberdade dos povos", declarou o dirigente sírio.

<a data-cke-saved-href="http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/hugo-chavez/iframe.htm" href="http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/hugo-chavez/iframe.htm">veja o infográfico</a>

Veja também:

A enfermeira que salvou três bebês de hospital atingido pela explosão em Beirute
AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade