0

Novo chefe do Partido Comunista em Hubei promete conter coronavírus

13 fev 2020
09h53
atualizado às 14h04
  • separator
  • 0
  • comentários

O novo chefe do Partido Comunista da província de Hubei, epicentro do surto de coronavírus na China, disse nesta quinta-feira vai conter o vírus, mas que a situação continua grave.

Ying Yong durante sessão do Parlamento chinês em Pequim
06/03/2017 REUTERS/Damir Sagolj
Ying Yong durante sessão do Parlamento chinês em Pequim 06/03/2017 REUTERS/Damir Sagolj
Foto: Reuters

O prefeito de Xangai, Ying Yong, foi colocado como chefe do partido em Hubei depois que seu antecessor e o chefe do partido na capital da província, Wuhan, se tornaram as autoridades mais renomadas a serem demitidas após o surto.

A remoção de Jiang Chaoliang, principal autoridade do Partido Comunista da província de Hubei, e Ma Guoqiang, chefe do partido em Wuhan, seguiu a demissão de duas autoridades provinciais de saúde na terça-feira, e faz parte de um esforço mais amplo de Pequim para remover burocratas acusados de estarem se esquivando de seus deveres.

O governo central da China criou uma força-tarefa especial do gabinete do premiê, Li Keqiang, para lidar com a crise, e as novas nomeações em Hubei sugerem que os líderes sêniores da China estão assumindo maior controle.

Em comentários relatados no jornal oficial Hubei Daily após sua nomeação, Ying disse que não falhará com o partido ou o povo e que ele tem uma responsabilidade muito pesada.

"Atualmente, a situação do vírus ainda é extremamente grave", disse ele segundo o jornal. "Definitivamente venceremos a batalha para defender Wuhan, a batalha para defender Hubei e a batalha para prevenir e controlar a doença."

Veja também:

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade