2 eventos ao vivo

Naufrágio na costa da Líbia mata ao menos 15 migrantes

Tragédia foi divulgada pela Organização para as Migrações

21 out 2020
17h38
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O naufrágio de um barco de migrantes na noite desta terça-feira (20) ao longo da costa de Sabratha, na Líbia, deixou pelo menos 15 mortos, informou hoje (21) a Organização Internacional para as Migrações (OIM).
    Em uma publicação no Twitter, a entidade especificou que "cinco sobreviventes foram levados à terra por pescadores". "Os migrantes desesperados continuam a arriscar as suas vidas no Mediterrâneo Central, fugindo do abuso e da exploração, sem poderem salvar vidas", diz o texto.
    Segundo dados oficiais compartilhados pela OIM, pelo menos 500 pessoas morreram apenas no Mediterrâneo Central durante este ano. A rota entre o norte da África e o sul da Itália registrou um aumento do fluxo migratório em 2020.
    De acordo com o governo italiano, desde o início do ano, o país já recebeu mais de 19 mil deslocados internacionais via Mediterrâneo, o que representa um crescimento de 270% em relação ao mesmo período de 2019.
    "A falta de esforços do Estado para salvar vidas nesta perigosa rota é tão dolorosa quando vergonhosa", escreveu no Twitter Eugenio Ambrosi, chefe de gabinete da OIM.
    Reunião com Itália - O embaixador da Líbia na União Europeia (UE), Hafed Gaddur, disse à ANSA que o primeiro-ministro líbio, Fayez al Sarraj, estará em Roma nesta quinta-feira (22) para se reunir com o primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, às 19h30 (horário local), no Palazzo Chigi. O conteúdo a ser debatido no encontro não foi revelado.

Veja também:

As irmãs Khachaturyan: o assassinato que divide a Rússia
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade