0

Missão da ONU se diz 'devastada' por morte de italiano no Congo

Líder da Monusco cobrou punição aos responsáveis

22 fev 2021
13h08
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Um dos chefes da missão da ONU na República Democrática do Congo, David McLachlan-Karr, disse estar "devastado com a morte do embaixador Luca Attanasio" e "condenou fortemente" o ataque ao comboio da Monusco. "Os responsáveis desse ataque devem ser identificados e perseguidos com a máxima determinação", acrescentou. .
   

Veja também:

Casa de 139 anos é transportada inteira para outro endereço em San Francisco
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade