PUBLICIDADE

'Me sinto em casa', diz ex-líder da Catalunha em cidade italiana

Puigdemont ficou preso menos de 24 horas na Itália

25 set 2021 11h26
| atualizado às 12h53
ver comentários
Publicidade

O ex-presidente da Catalunha Carles Puigdemont foi recebido com festa na cidade de Alghero, na Itália, para onde foi depois de ser libertado da prisão nesta sexta-feira (24). Ao chegar na localidade neste sábado (25), onde há um festival cultural catalão, ele foi recebido por dezenas de apoiadores.

"Eu estou bem e aqui me sinto em casa", disse rapidamente aos jornalistas antes de se dirigir para uma reunião com o prefeito local, Mario Conoci, e outras autoridades da cidade.

A cidade italiana é conhecida como "Barcelona sarda" por conta da quantidade de habitantes com herança cultural da região espanhola.

Puigdemont ainda anunciou que deve fazer uma coletiva de imprensa neste sábado, ao lado dos advogados, sobre os demais procedimentos legais que tomará. No entanto, diversas fontes ligadas ao político apontam que ele retornará para Bruxelas, na Bélgica, já neste domingo (26).

O líder catalão foi preso preventivamente na ilha da Sardenha na última quinta-feira (23), mas foi libertado cerca de 24 horas depois pela juíza Plinia Azzena, da Corte de Apelação de Sassari. A magistrada afirmou que a detenção "não foi ilegal", mas que "não há motivos" para a prisão preventiva.

Como condição para soltura, ela determinou que Puigdemont se apresente para uma audiência de extradição em 4 de outubro. Mas, como não há nenhuma medida cautelar, o político poderá sair livremente da Itália. .
   

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade