PUBLICIDADE

Manifestações pró-UE na Polônia reúnem mais de 100 mil pessoas

Atos foram registrados em cerca de 120 cidades em dois dias

11 out 2021 11h07
| atualizado às 11h22
ver comentários
Publicidade

Cerca de 100 mil pessoas participaram de manifestações em 120 cidades da Polônia, incluindo Varsóvia, para defender a permanência do país na União Europeia em meio a uma crise por conta de uma reforma no judiciário.

Milhares de pessoas foram às ruas para cobrar do governo o respeito às normas da UE
Milhares de pessoas foram às ruas para cobrar do governo o respeito às normas da UE
Foto: EPA / Ansa - Brasil

Os atos se espalharam entre o sábado (9) e o domingo (10) e cobraram que o governo ultraconservador respeite as regras do bloco. Nos protestos desse domingo em Varsóvia, quatro pessoas foram presas e, entre elas, estava o sobrinho de 18 anos do premiê do país, Mateusz Morawieki.

As manifestações foram convocadas pelo líder da oposição e ex-presidente do Parlamento Europeu, Donald Tusk, contra o chamado "Polexit". O assunto voltou à pauta desde que o governo polonês decidiu peitar o bloco por conta de uma reforma no judiciário.

Com o decreto, praticamente, apenas o Executivo tem a possibilidade de nomear os juízes de qualquer esfera de poder.

Além disso, se considerar que um magistrado tomou alguma decisão contrária aos "valores do governo", há uma Câmara Disciplinar que poderá fazer com que o juiz perca a imunidade e seja processado pela decisão.

O Tribunal de Justiça da União Europeia considerou que a lei violava os tratados do bloco e ordenou a "imediata" remoção da Câmara e a revogação da legislação. Porém, na última semana, a Corte Constitucional polonesa afirmou que alguns regulamentos europeus "são incompatíveis" com a Constituição local.

Com isso, a crise se agravou e a União Europeia está estudando as medidas que pode tomar contra o Estado-membro. Do outro lado, o partido ultranacionalista Direito e Justiça (PiS) voltou a ventilar a possibilidade da nação deixar o bloco.

Pesquisas recentes de opinião mostram que cerca de 80% dos cidadãos são favoráveis à permanência na UE. .
   

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade