PUBLICIDADE

Líderes da UE concordam em criar fundo de reconstrução da Ucrânia, sem detalhar

20 mai 2022 08h23
ver comentários
Publicidade

Os líderes da União Europeia concordarão durante reunião marcada para 30 de maio em criar um fundo para a reconstrução da Ucrânia, uma vez terminada a guerra com a Rússia, mas não darão detalhes sobre como ele será financiado, mostrou um esboço visto pela Reuters nesta sexta-feira.

A Comissão Europeia propôs na quarta-feira a criação de um fundo "RebuildUkraine" composto por doações e empréstimos de tamanho não especificado, modelado no fundo de recuperação existente na UE.

"Uma plataforma de reconstrução da Ucrânia deveria ser criada, reunindo o governo ucraniano, os Estados-membros, a União Europeia, bem como parceiros, instituições e organizações financiadoras", disse uma minuta das conclusões dos líderes do bloco.

"A plataforma será apoiada por um novo instrumento de solidariedade da UE que combine as contribuições da UE e dos Estados-membros", disse a minuta, sem especificar se o novo instrumento de solidariedade da UE deve incluir novos empréstimos conjuntos do bloco.

A Alemanha disse que se opôs a mais dívidas conjuntas da UE.

As estimativas dos economistas sobre o custo da reconstrução da Ucrânia variam muito entre 500 bilhões de euros e 2 trilhões de euros, dependendo das suposições sobre a duração do conflito e o alcance da destruição.

Com somas de tal magnitude, a UE também está considerando confiscar ativos russos congelados pelo bloco como fontes de financiamento e os líderes da UE darão apoio, mostrou a minuta.

"O Conselho Europeu saúda os esforços feitos com vistas a prever medidas apropriadas de confisco, incluindo a exploração de opções destinadas a usar os bens russos congelados para apoiar a reconstrução da Ucrânia", disse a minuta.

"Neste contexto, o Conselho (de ministros) é convidado a agir rapidamente sobre a recente proposta da Comissão sobre medidas de direito penal em caso de violação das sanções da UE", disse o esboço, embora a frase esteja entre parênteses, o que significa que ela ainda pode ser alterada.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade