0

Justiça alemã confirma prisão de suspeito do caso Maddie

Bruckner foi condenado a 7 anos de prisão por estupro de idosa

20 nov 2020
14h04
atualizado às 14h07
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Tribunal Federal de Cassação de Karlsruhe, na Alemanha, confirmou nesta sexta-feira (20) a condenação a sete anos de prisão por estupro de uma idosa de Christian Bruckner, considerado o principal suspeito do rapto da menina britânica Madeleine McCann, ocorrido em 2007.

Principal suspeito do caso Maddie tem série de condenações por crimes diversos
Principal suspeito do caso Maddie tem série de condenações por crimes diversos
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

O alemão estava com a pena suspensa desde 2019, mas como o Tribunal de Justiça da União Europeia indeferiu o pedido da defesa em setembro deste ano, a Justiça alemã pode confirmar a condenação.

Bruckner tem uma longa história de condenações por diversos crimes e o anúncio desta sexta refere-se ao estupro de uma senhora de 72 anos, em 2005, em Portugal. A defesa alegava que o pedido de extradição do acusado tinha sido feito de maneira irregular, mas a justiça europeia negou a solicitação.

Com isso, o temor das autoridades alemãs de que o principal suspeito do caso Maddie fosse solto, não ocorreu. Os procuradores do país voltaram as suas atenções para Bruckner após um outro acusado, em outro crime, dizer que o suspeito havia se gabado de ter raptado a pequena britânica de 3 de anos.

Então, o caso foi acelerado e a polícia tenta encontrar provas concretas do envolvimento do alemão no crime, já que ele sempre negou a participação. .
   

Veja também:

Trabalhadoras de fábricas indianas que produzem para grandes marcas alegam exploração e abusos
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade