PUBLICIDADE

Italianos voltam às urnas a partir deste domingo para 2º turno

São 65 cidades, incluindo Roma, que terão pleito de 2 dias

16 out 2021 17h58
| atualizado às 18h46
ver comentários
Publicidade

A partir das 7h desse domingo (17), cerca de cinco milhões de italianos vão às urnas para definir quem serão os prefeitos de 65 cidades, incluindo a capital Roma.

Roma definirá seu novo prefeito em segundo turno
Roma definirá seu novo prefeito em segundo turno
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

O pleito segue até às 23h do dia 17 e, por conta a pandemia de Covid-19, também na segunda-feira (18) poderão votar entre às 7h e às 15h.

Dividida na polarização entre esquerda e direita, Roma definirá se seu futuro líder será o representante da coalizão entre Força Itália, Liga e Irmãos da Itália, Enrico Michetti, ou se o ex-ministro da Economia Roberto Gualtieri, do Partido Democrático (PD), será o vitorioso.

Há disputa de segundo turno em outras nove capitais de província: Turim, Trieste, Varese, Savona, Latina, Benevento, Caserta, Isernia e Cosenza.

A votação ocorre após dois episódios que afetaram bastante a política nacional: a invasão do grupo neofascista Força Nova na sede de um dos maiores sindicatos do país no dia 9 e uma manifestação antifascista que reuniu 200 mil pessoas neste sábado em Roma; e a ampliação do uso do certificado sanitário da Covid-19 para todos os trabalhadores do país, que também causou protestos.

Trieste, que registrou grandes movimentos contra o "passe verde", deve dar a única vitória mais folgada para a coalizão de direita, que já governa muitas cidades italianas.

Mas, a centro-esquerda conseguiu se reerguer e se apresenta com grandes chances de levar as outras duas grandes capitais: Roma e Turim. .
   

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade