8 eventos ao vivo

Italianos se despedem de governadora da Calábria

Jole Santelli está sendo velada em igreja de Cosenza

16 out 2020
07h41
atualizado às 08h56
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Começou nesta sexta-feira (16) o velório da governadora da Calábria, Jole Santelli, morta na última quinta (15), aos 51 anos de idade, após uma longa batalha contra um câncer.

Jole Santelli morreu em 15 de outubro, aos 51 anos de idade
Jole Santelli morreu em 15 de outubro, aos 51 anos de idade
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

A despedida da primeira mulher a governar uma região do sul da Itália acontece na Igreja de San Nicola, em Cosenza, cidade onde ela morava. O primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, que está em reunião da União Europeia em Bruxelas, participará do velório.

Eleita em janeiro passado pelo partido conservador Força Itália (FI), de Silvio Berlusconi, Santelli governava a Calábria desde 15 de fevereiro, após ter ocupado um assento na Câmara dos Deputados por 20 anos.

Ela também foi subsecretária do Ministério da Justiça entre 2001 e 2006, durante um dos governos de Berlusconi, e subsecretária do Ministério do Trabalho entre maio e dezembro de 2013, na gestão do então premiê Enrico Letta.

A causa exata da morte não foi divulgada, mas fontes médicas afirmam que a governadora faleceu de uma hemorragia interna causada pelo câncer. Seu corpo foi encontrado no sofá de sua casa em Cosenza por um funcionário doméstico.

Em janeiro passado, ainda antes das eleições regionais, Santelli havia explicado ao jornal Il Fatto Quotidiano o motivo de ter se candidatado mesmo estando doente. "Quando uma pessoa sofre um ataque tão violento contra a própria vida, quando a dor física se mostra radical e incontrolável, ela tem dois caminhos: se deprimir, deixando o destino decidir por ela, ou então se ativar, se concentrar e, sobretudo, se rebelar", disse. .
   

Veja também:

Segunda onda de covid-19 na Europa
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade