1 evento ao vivo

Italianos são cada vez mais velhos e solitários, diz estudo

O país tem a segunda população mais idosa do mundo

16 mai 2018
19h08
atualizado em 17/5/2018 às 10h19
  • separator
  • comentários

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Nacional de Estatística (Istat) da Itália revelou que a população do país está cada vez mais idosa e solitária, devido à queda populacional e à alta expectativa de vida. Segundo o relatório, em 1º de janeiro de 2018, 60,5 milhões de pessoas viviam na Itália. Porém, no mesmo período do ano anterior, o país abrigava 100 mil habitantes a mais.

O estudo também ilustra que a nação europeia, depois do Japão, é a segunda com população mais idosa do mundo. A expectativa de vida para um italiano homem é de 80 anos e seis meses, e para as mulheres, de 84 anos e nove meses.

Os dados também apontam um aumento na "fragilidade" dos italianos, já que 17,2% apresentam baixo ou nenhum suporte social. Além disso, os idosos passam até 70% do tempo sozinhos e só interagem com outras pessoas durante quatro horas por dia.

Ansa - Brasil   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade