PUBLICIDADE

Itália tem menor número de casos de covid em quase 2 meses

País registrou 7.767 infecções em 24 horas, segundo boletim do Ministério da Saúde

6 abr 2021
13h23 atualizado às 14h14
0comentários
13h23 atualizado às 14h14
Publicidade

A Itália registrou nesta terça-feira (6) o menor número de novos casos de covid-19 em quase dois meses, com 7.767 infecções em 24 horas, segundo boletim do Ministério da Saúde.

Movimentação em Gênova, noroeste da Itália, após fim de lockdown na cidade
Movimentação em Gênova, noroeste da Itália, após fim de lockdown na cidade
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

Essa é a cifra mais baixa desde 15 de fevereiro, quando haviam sido contabilizados 7.351 contágios. No entanto, isso pode ser reflexo do represamento dos dados do feriado de "Pasquetta", a segunda-feira pós-Páscoa na Itália.

Para efeito de comparação, o boletim do Ministério da Saúde registra 112.962 testes moleculares e de antígenos nesta terça, contra 301.451 do mesmo dia da semana passada.

A Itália contabiliza agora 3.686.707 casos confirmados do novo coronavírus e 111.747 óbitos, após um acréscimo de 421 mortes em 24 horas, queda significativa em relação às 529 da terça-feira passada.

A média móvel de contágios em sete dias caiu para 18.174, menor valor desde 2 de março (17.622), enquanto a de óbitos diminuiu para 410, cifra mais baixa desde 22 de março (404).

A Itália também soma 3.019.255 pacientes curados e 555.705 casos ativos. Cerca de 7,8 milhões de pessoas já foram vacinadas (13% da população nacional), sendo que 3,5 milhões tomaram as duas doses (quase 6% dos habitantes).

O país realizou três dias de lockdown nacional entre sábado e segunda-feira para reduzir o risco de contágio na Páscoa e na "Pasquetta", mas o governo relaxou as restrições nesta terça para 11 de suas 20 regiões.

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade