PUBLICIDADE

Itália defende apoio a Kiev, mas pede 'diálogo' com Moscou

País apoia medidas 'graduais e proporcionais' contra russos

24 jan 2022 13h47
ver comentários
Publicidade

Durante a reunião dos ministros das Relações Exteriores da União Europeia nesta segunda-feira (24), a Itália defendeu um "apoio firme" em favor da integridade territorial da Ucrânia e se disse de acordo com a decisão do bloco de enviar uma mensagem única contra a Rússia sobre como seria "inaceitável e teria custos" invadir o território ucraniano.
    Segundo as fontes, o governo italiano ressaltou que está pronto para contribuir com as medidas restritivas "graduais e proporcionais", mas também defendeu que é preciso levar adiante um diálogo "no mais alto nível" entre a UE e Moscou. .
   

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade