5 eventos ao vivo

Itália autoriza vacina de Oxford para pessoas de até 65 anos

Imunizante vinha sendo usado apenas em pessoas de até 55 anos

23 fev 2021
09h14
atualizado às 09h17
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Ministério da Saúde da Itália autorizou nesta terça-feira (23) a aplicação da vacina anti-Covid da Universidade de Oxford e da AstraZeneca em pessoas de até 65 anos de idade.

Trabalhadora da saúde em Nápoles, sul da Itália, com caixa da vacina de Oxford
Trabalhadora da saúde em Nápoles, sul da Itália, com caixa da vacina de Oxford
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

Até agora, o imunizante era usado somente em indivíduos de até 55 anos, mas o ministério acatou um parecer da comissão científica da Agência Italiana de Medicamentos (Aifa) recomendando a ampliação da faixa etária.

Em uma circular publicada nesta terça, a pasta diz que existem "novas evidências científicas que apontam estimativas de eficácia superiores àquelas anteriormente divulgadas".

Segundo o Ministério da Saúde, a vacina de Oxford poderá ser usada em "pessoas com condições que possam aumentar o risco de se desenvolver formas severas de Covid-19, com exceção de sujeitos extremamente vulneráveis".

Idosos acima de 65 anos estão sendo vacinados com as fórmulas da Biontech/Pfizer e da Moderna. A agência de medicamentos da União Europeia (EMA) aprovou o uso emergencial do imunizante de Oxford/AstraZeneca com eficácia "ao redor de 60%" no regime de duas doses.

Como os primeiros resultados divulgados pela multinacional anglo-sueca apresentaram apenas dois casos do novo coronavírus em idosos do estudo clínico (um no grupo de placebo e outro no grupo de vacinados), a EMA disse que não há dados "suficientes em participantes mais velhos para prever o quão bem a vacina vai funcionar" nessa faixa etária.

"De qualquer modo, a proteção é esperada, dada a resposta imune vista nesse grupo e baseado na experiência com outras vacinas. Como há informações confiáveis sobre a segurança nessa população, os especialistas científicos da EMA consideram que a vacina pode ser usada em idosos", garantiu a agência europeia.

Até o momento, as autoridades sanitárias da Itália já aplicaram 3,6 milhões de vacinas, sendo que 1,34 milhão de pessoas receberam as duas doses.   

Veja também:

Casa de 139 anos é transportada inteira para outro endereço em San Francisco
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade