5 eventos ao vivo

Itália alivia restrições anti-Covid em 3 regiões

novas regras entrarão em vigor a partir do próximo dia 29 de novembro

27 nov 2020
15h08
atualizado às 15h26
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O ministro da Saúde da Itália, Roberto Speranza, irá assinar um novo decreto que prevê o afrouxamento das medidas restritivas contra o novo coronavírus Sars-CoV-2 em pelo menos três regiões do país: Calábria, Lombardia e Piemonte.

Novas regras entrarão em vigor a partir do próximo dia 29 de novembro
Novas regras entrarão em vigor a partir do próximo dia 29 de novembro
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

As novas regras entrarão em vigor a partir do próximo dia 29 de novembro. Com isso, os três territórios italianos, que estão classificados atualmente como áreas vermelhas de risco de transmissão de Covid-19, vão passar para a faixa laranja.

A medida também prevê a alteração da classificação da Ligúria e Sicília, que saem de "laranja" para "amarelo".

Consideradas "zonas vermelhas" pelo governo italiano, as regiões da Calábria, Lombardia e Piemonte estavam seguindo regras semelhantes às do lockdown vigente entre março e maio, como manter o fechamento de restaurantes e do comércio não essencial e proibição de sair de casa a não ser por motivos de saúde, trabalho ou urgência.

Agora, com a mudança de status, haverá um alívio nas medidas. Nas áreas "laranjas", estão proibidos deslocamentos inter-regionais e intermunicipais, mas os cidadãos podem circular livremente dentro de seus municípios de residência. Além disso, restaurantes permanecem fechados, mas podem funcionar para serviços de retirada e delivery.

"Numa situação em que o vírus existe e ainda é perigoso, devemos reiterar e insistir para que sejam mantidos os comportamentos que respeitem as regras e que sejam cuidados", alertou o governador da Lombardia, Attilio Fontana.

Segundo o político da região ao norte da Itália, a mudança para a zona laranja "é uma notícia muito positiva" e "é preciso consolidá-la e avançar mais". "Em primeiro lugar, graças aos lombardos, porque se isso foi conseguido é graças ao cumprimento das regras que se mantiveram nas últimas semanas".

Por sua vez, a Ligúria e Sicília, que migram para a zona amarela, deverão impor apenas regras de alcance nacional, como um toque de recolher entre 22h e 5h da manhã seguinte.

Com a nova atualização, o mapa da Covid-19 na Itália fica assim: as regiões alaranjadas são Calábria, Lombardia, Piemonte, Emilia-Romagna, Marcas, Úmbria, Basilicata, Puglia, Friuli Veneza Giulia, enquanto as regiões amarelas são Ligúria, Sicília, Sardenha, Lazio, Molise, Vêneto, província autônoma de Trento.

Por fim, a província autônoma de Bolzano, Toscana, Abruzzo, Campânia e Vale de Aosta continuam na zona vermelha.

Comissário para saúde -

Após perder o responsável pela Secretaria de Saúde por três vezes em apenas 10 dias, a região da Calábria, no extremo-sul do país, contará com o prefeito Guido Nicolò Longo no cargo.

A confirmação foi feita pelo primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, após aprovação do Conselho de Ministros.

"O novo comissário da saúde calabresa é o prefeito Guido Longo.Homem das instituições, que já trabalhou na Calábria, sempre na defesa da legalidade", escreveu o premiê no Twitter.

Veja também:

O momento em que homem daltônico vê cores pela primeira vez com óculos especiais
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade