3 eventos ao vivo

Irlanda diz que acordo do Brexit ainda não está pronto, mas que clima melhorou

20 set 2019
08h58
  • separator
  • 0
  • comentários

O Reino Unido e a União Europeia ainda não estão próximos de um acordo de separação que possa resolver o quebra-cabeça da fronteira irlandesa, e o governo britânico precisa fazer propostas sérias, disse a Irlanda nesta sexta-feira.

Ministro das Relações Exteriores irlandês, Simon Coveney
28/08/2019
REUTERS/Benoit Tessier
Ministro das Relações Exteriores irlandês, Simon Coveney 28/08/2019 REUTERS/Benoit Tessier
Foto: Reuters

O ministro das Relações Exteriores irlandês, Simon Coveney, se pronunciou depois que a esperança de uma resolução para o processo complicadeo de três anos do Brexit emergiu nos últimos dias. A libra esterlina teve sua maior alta em dois meses na quinta-feira, quando o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, disse que um acordo é possível.

Coveney ecoou o sentimento de Juncker, mas alertou que as desavenças ainda são grandes e sublinhou os riscos de um Brexit caótico: tumultos civis na ilha da Irlanda e um deslocamento do mercado.

"Acho que a música ambiente melhorou", disse Coveney à rádio BBC. "Todos nós queremos um acordo, todos nós sabemos que não ter um acordo seria uma derrota, uma derrota, uma derrota para todos, mas particularmente para a Irlanda e o Reino Unido".

"Mas acho que temos que ser honestos com as pessoas e dizer que não estamos próximos deste acordo neste momento. Mas existe a intenção, acho, de todos os lados de tentar encontrar uma zona de pouso que todos possam aceitar aqui".

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, vem repetindo que deseja firmar um pacto durante uma cúpula da UE nos dias 17 e 18 de outubro, mas que, se isso não for possível, retirará seu país do bloco sem um acordo.

Coveney disse que Johnson busca um acordo seriamente, mas que Dublin ainda aguarda "propostas sérias" -- e alertou para a manipulação política.

"Todos precisam de uma dose de realidade aqui, ainda existe uma brecha bastante ampla entre o que o governo britânico vem dizendo em termos das soluções que estão propondo e, acho, o que a Irlanda e a UE conseguirão apoiar".

Na quinta-feira, o Reino Unido disse que compartilhou documentos com Bruxelas nos quais delineou ideias para um acordo para o Brexit, mas um diplomata do bloco os descreveu como uma "cortina de fumaça" que não impediria uma ruptura caótica na data de saída de 31 de outubro.

A Irlanda é crucial para qualquer solução para o Brexit - a fronteira terrestre de 500 quilômetros entre a Irlanda e a província britânica da Irlanda do Norte sempre foi o maior obstáculo para um Brexit organizado.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade