PUBLICIDADE

Índice de transmissão de coronavírus tem leve alta na Itália

Incidência de casos de Covid-19 também aumentou

22 out 2021 09h32
| atualizado às 09h47
ver comentários
Publicidade

O monitoramento semanal feito pelo Ministério da Saúde da Itália apontou nesta sexta-feira (22) um ligeiro aumento no índice de transmissibilidade do vírus Sars-CoV-2 no país.

Movimentação no centro de Roma, capital da Itália
Movimentação no centro de Roma, capital da Itália
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

De acordo com relatório divulgado pelo Instituto Superior da Saúde (ISS), órgão técnico-científico da pasta, o índice Rt de casos sintomáticos entre 29 de setembro e 12 de outubro foi de 0,86, cifra pouco superior à taxa de 0,85 registrada no período anterior.

Apesar do leve aumento, esse valor ainda está abaixo do índice epidêmico de 1,0 e indica que 100 infectados transmitem, em média, o vírus para menos de 100 pessoas.

Já a incidência semanal de casos de Covid entre 15 e 21 de outubro foi de 34 para cada 100 mil habitantes, contra 29 da semana entre 8 e 14 de outubro.

As taxas mais altas são as da província autônoma de Bolzano (85,6/100 mil) e da região de Friuli Veneza Giulia (51,7/100 mil), ambas no norte da Itália. O governo considera que um índice semanal de 50 casos para cada 100 mil habitantes é o limite para permitir o controle e rastreio das transmissões.

"É oportuno manter a atenção elevada e aplicar e respeitar medidas e comportamentos para evitar um novo aumento da circulação viral", alertou o ISS.

Após cerca de dois meses em queda, a média móvel semanal de casos de Covid-19 na Itália vem de seis dias seguidos de alta e está hoje em 2.849. As mortes, no entanto, estão estabilizadas em menos de 40 por dia desde a primeira semana de outubro.

Até o momento, cerca de 86% do público-alvo na Itália (pessoas a partir de 12 anos) está totalmente vacinado contra o novo coronavírus. Contudo, 7,6 milhões de pessoas sequer tomaram a primeira dose.

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade