PUBLICIDADE

Sobe para 49 o número de mortos em incêndio em Bangladesh

Ao menos 200 pessoas ficaram feridas; entre as vítimas fatais estão 5 bombeiros

5 jun 2022 - 15h05
(atualizado às 15h17)
Ver comentários

Bombeiros trabalharam pelo segundo dia neste domingo para extinguir um incêndio que matou ao menos 49 pessoas num depósito de contêineres em Bangladesh, no mais recente incidente a destacar o fraco histórico de segurança industrial do país.

O incêndio, que também feriu mais de 200 pessoas, começou em uma instalação de armazenamento de contêineres na noite de sábado em Sitakunda, a 40 km da cidade portuária de Chittagong, provocando uma enorme explosão, seguida de várias outras.

Contêineres cheios de produtos químicos continuavam explodindo no domingo, enquanto os bombeiros tentavam apagar o fogo e as autoridades disseram que o exército se juntou à missão. Imagens de drones mostraram grossas colunas de fumaça e fileiras de contêineres queimados.

Explosões abalaram o bairro e estilhaçaram janelas em prédios próximos, disseram moradores locais.

O número de mortos pode aumentar, pois alguns dos feridos estão em estado grave e as operações de resgate ainda continuam, disse o cirurgião civil de Chittagong, Mohammed Elias Hossain. Entre os feridos estão bombeiros e policiais.

Ele disse que todos os médicos do distrito foram chamados para ajudar, enquanto as mídias sociais foram inundadas com apelos por doações de sangue. Cinco bombeiros morreram e pelo menos 50 outros, ficaram feridos, acrescentou.

Centenas de parentes correram aos hospitais numa busca frenética por seus entes queridos, disseram testemunhas.

"Perdi meu irmão", disse Shakhawat Hossain, primo de Afzal Hossain, 25, que morreu no incêndio. "O pai dele morreu há 10 meses. Ele era o mais novo, mas era o único que cuidava de sua mãe... ela não para de desmaiar. Está inconsolável."

Não ficou imediatamente claro o que causou o incêndio. Oficiais do corpo de bombeiros suspeitam que pode ter se originado em um contêiner de peróxido de hidrogênio e se espalhado rapidamente para outros contêineres.

Newton Das, oficial do corpo de bombeiros, disse que contêineres contendo peróxido de hidrogênio e outros com enxofre continuavam explodindo neste domingo. "Está ficando cada vez mais difícil, pois a fumaça tóxica engoliu a área", disse ele.

Bangladesh prosperou nas últimas décadas, tornando-se o segundo maior exportador mundial de roupas, mas a infraestrutura para segurança industrial ainda são incipientes, disse a Organização Internacional do Trabalho neste ano.

Pelo menos 70 pessoas morreram em um incêndio que consumiu vários prédios em um bairro centenário de Dhaka em 2019.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade