0

Foto inédita de Massacre em Bolonha é revelada na Itália

Ataque contra estação central da cidade matou 85 pessoas em 1980

21 mai 2020
14h07
atualizado às 17h55
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Uma foto inédita que mostra a praça da estação de Bolonha na manhã de 2 de agosto de 1980, logo após o atentado terrorista que deixou 85 mortos e mais de 200 feridos, foi revelada na Itália nesta quinta-feira (21).

Ataque contra estação central da cidade matou 85 pessoas em 1980
Ataque contra estação central da cidade matou 85 pessoas em 1980
Foto: Ansa / Ansa - Brasil

A imagem colorida foi encontrada pelo advogado Andrea Speranzoni, defensor da associação de familiares das vítimas do massacre.

Na fotografia é possível ver uma mulher que parece se afastar do local, com uma bolsa no ombro direito e uma mão na têmpora, como um sinal de desespero, além de um policial de trânsito e outras pessoas ao fundo, enquanto a fumaça invade a entrada da estação.

A explosão foi materialmente atribuída à organização terrorista neofascista Nuclei Armati Rivoluzionari. No entanto, o caso ainda gera polêmica na Itália sobre as identidades dos mandantes do atentado e as motivações. Algumas teorias suspeitam, inclusive, do envolvimento de outros grupos e até do serviço secreto italiano.

Em fevereiro deste ano, o Ministério Público de Bolonha encerrou a nova investigação sobre o massacre, no qual cinco nomes foram citados como os principais mandantes e executores do crime: Paolo Bellini, ex-agente nacional; Licio Gelli, ex-mestre venerável da Loja Maçônica "Propaganda Dois" (P2); Umberto Ortolani; Federico Umberto D'Amato e Mario Tedeschi. Os quatro últimos suspeitos já faleceram.

Veja também:

Coronavírus: experimento japonês mostra rapidez com que vírus se espalha em restaurante
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade