PUBLICIDADE

EXCLUSIVO-Dezenas de milhões de doses de vacina da J&J estão paradas em fábrica, dizem fontes

28 out 2021 11h24
ver comentários
Publicidade

Entre 30 milhões e 50 milhões de doses da vacina contra Covid-19 da Johnson & Johnson produzidas no início deste ano estão paradas na fábrica da Emergent BioSolutions Inc na cidade norte-americana de Baltimore esperando liberação da agência reguladora do país para serem enviadas, disseram duas pessoas a par do assunto.

Caixa com doses da vacina da Johnson & Johnson contra Covid-19 em centro de vacinação em Pamplona, na Espanha
22/04/2021 REUTERS/Vincent West
Caixa com doses da vacina da Johnson & Johnson contra Covid-19 em centro de vacinação em Pamplona, na Espanha 22/04/2021 REUTERS/Vincent West
Foto: Reuters

A Emergent, uma fabricante de remédios por encomenda, aguarda que a Agência de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA) aprove o envio das doses. A agência ainda precisa inspecionar e autorizar a fábrica para a Emergent poder despachar substâncias medicas recém-fabricadas, disse uma das fontes.

O número exato de doses paradas não pode ser determinado, segundo a fonte, porque a Emergent só fabrica o insumo farmacêutico ativo (IFA) da vacina e não faz o envase e a finalização do produto.

Em abril, a FDA suspendeu as operações da unidade de produção da Emergent depois que se descobriu que as vacinas da J&J estavam contaminadas com material das vacinas contra Covid-19 da AstraZeneca, que também estavam sendo fabricadas na instalação na época.

A contaminação arruinou 15 milhões de doses da J&J e atrasou sua distribuição nos EUA em semanas.

O material produzido para as vacinas da J&J na fábrica de Baltimore antes do fechamento de abril e esperando aprovação da FDA poderia bastar para produzir até 50 milhões de vacinas, disseram as duas fontes, que pediram para não ser identificadas por não estarem autorizadas a falar publicamente sobre o tema.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade