PUBLICIDADE

Ex-presidente catalão diz que voltará à Itália para audiência

Puigdemont foi libertado de prisão na última sexta-feira

27 set 2021 13h56
| atualizado às 14h02
ver comentários
Publicidade

O ex-presidente da Catalunha Carles Puigdemont afirmou nesta segunda-feira (27), em Bruxelas, que retornará para a Itália para participar da audiência de extradição marcada pela Corte de Apelação de Sassari para o dia 4 de outubro.

Puigdemont voltou para Bruxelas, mas disse que irá à audiência na Sardenha
Puigdemont voltou para Bruxelas, mas disse que irá à audiência na Sardenha
Foto: EPA / Ansa - Brasil

"Sim, voltarei para a Sardenha", respondeu aos jornalistas que o questionaram em frente à Comissão do Comércio Internacional do Parlamento Europeu. No entanto, o catalão não quis dar mais detalhes sobre o caso.

Puigdemont foi preso na quinta-feira (23) na ilha da Sardenha, mas foi libertado menos de 24 horas depois. A juíza Plinia Azzena não considerou a prisão como ilegal, mas disse que "não havia motivos" para o eurodeputado continuar preso. Porém, ela agendou uma audiência para outubro para debater a extradição.

Como não foi imposta nenhuma tipo de medida cautelar, Puigdemont pode viajar normalmente para a Bélgica, onde trabalha como deputado do Parlamento da UE.

Ainda no fim de semana, o político foi saudado por dezenas de apoiadores em Alghero, cidade considerada como "Barcelona sarda" por conta da quantidade de habitantes com herança cultural catalã. Na localidade, ele se reuniu com o prefeito Mario Conoci e com autoridades locais. .
   

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade