PUBLICIDADE

Ex-ministro da Defesa deve apoiar Kono em disputa por liderança de sigla governista do Japão

14 set 2021 09h45
ver comentários
Publicidade

Shigeru Ishiba, um político destacado do partido governista do Japão, não disputará a liderança da legenda e, consequentemente, o cargo de primeiro-ministro e deve apoiar Taro Kono na disputa interna do partido, noticiou a televisão NHK nesta terça-feira, o que aumenta as chances de Kono se tornar premiê.

Shigeru Ishiba durante debate em Tóquio
12/09/2020 Charly Triballeau/Pool via REUTERS
Shigeru Ishiba durante debate em Tóquio 12/09/2020 Charly Triballeau/Pool via REUTERS
Foto: Reuters

A popularidade de Ishiba com os membros da base do Partido Liberal Democrata (PLD) pode proporcionar um impulso forte para Kono, que já lidera as pesquisas como o favorito do público a próximo primeiro-ministro do país.

Só os membros da base e os parlamentares do PLD votarão para escolher o novo líder da sigla, mas uma eleição geral próxima tornará o apoio popular um fator central na tomada de decisão. O vencedor está virtualmente eleito premiê graças à maioria do partido governista no Parlamento.

Ishiba, parlamentar veterano e ex-ministro da Defesa de 64 anos, passou a ser visto como possível candidato ao lugar do premiê Yoshihide Suga, que surpreendeu no início deste mês ao anunciar que deixará o cargo.

Mas Ishiba decidiu não concorrer, e sim apoiar Kono, de 58 anos, ministro encarregado da vacinação contra a Covid-19 que há tempos é considerado um forte concorrente ao posto de Suga, disse a NHK.

Dois outros candidatos também entraram no páreo para a eleição de 29 de setembro: Fumio Kishida, ex-ministro das Relações Exteriores, e Sanae Takaichi, ex-ministra de Assuntos Internos.

Embora os anciãos do partido desconfiem de Kono por causa de sua reputação de pioneiro dotado de grande autoconfiança, sua popularidade com o eleitorado pode levar parlamentares preocupados com a reeleição a se mostrarem dispostos a escolhê-lo como o rosto da sigla.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade