PUBLICIDADE

Após fazer uma doação, professora aposentada é sorteada e ganha casa na Inglaterra

Britânica Susan Havenhand fez uma doação de cerca R$ 60 reais e ganhou uma propriedade avaliada em R$ 22 milhões; veja as fotos

17 jun 2022 - 14h55
(atualizado às 15h20)
Ver comentários
Publicidade
Susan Havenhand e o marido em frente a nova propriedade
Susan Havenhand e o marido em frente a nova propriedade
Foto: Divulgação/Omaze

Susan Havenhand é uma professora aposentada que ficou sensibilizada ao assistir à propaganda de uma instituição defensora de animais. Ela realizou uma doação de 10 libras (cerca de R$ 60) e, uma semana depois, ganhou uma casa de 3,5 milhões de libras (equivalentes a R$ 22 milhões) em um sorteio. 

A professora foi premiada pela Omaze, plataforma que sorteia "experiências", imóveis e viagens entre pessoas que contribuem com instituições de caridade.

A propriedade, que fica em Cotswold, no centro da Inglaterra, tem quase mil metros quadrados, com 6 dormitórios, sala de cinema, cozinha de última geração, piscina externa aquecida, quadra de tênis, sauna e academia. E, se não bastasse, o imovél conta com uma área externa de dois hectares com lagoa, cachoeira e floresta privativa. 

Susan custou a acreditar que havia ganhado não só a casa, mas também 50 mil libras em dinheiro (equivalentes a aproximadamente R$ 310 mil).

“Quando recebemos a ligação que dizia que havíamos vencido, meu marido estava convencido de que era um golpe", contou a aposentada para o tabloide britânico The Sun. "Ele estava tão certo disto que me disse para desligar [o telefonema] e ir ao bar com ele", conta Susan. 

Enquanto Susan o marido, John, estavam viajando, uma das filhas recebeu a equipe da Omaze e descobriu que era tudo verdade.

"Fiquei atordoada! Fui direto comemorar com o John. Compramos bebidas para todos no bar, já que agora podemos pagar!", conta a sorteada. “Temos dez lindos netos que vão adorar esta casa", diz.

Os organizadores do prêmio permitem que os novos proprietários morem, vendam ou aluguem o imóvel.

 

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Publicidade