5 eventos ao vivo

EUA ultrapassam marca de 2 milhões de casos de coronavírus

País ainda contabiliza mais de 112 mil mortes

11 jun 2020
07h47
atualizado às 07h56
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Os Estados Unidos ultrapassaram a marca de dois milhões de casos do novo coronavírus (Sars-CoV-2), confirmou o portal da Universidade Johns Hopkins, plataforma que registra o avanço da doença em todo o mundo.

Nova York continua sendo o estado norte-americano com o maior número de casos e mortes em números absolutos
Nova York continua sendo o estado norte-americano com o maior número de casos e mortes em números absolutos
Foto: EPA / Ansa - Brasil

Até às 7h desta quinta-feira (11), são 2.000.464 contaminações no país, com 112.924 óbitos relacionados à Covid-19. Os três estados com mais casos, em números absolutos, se mantêm: Nova York, com 380.156, Nova Jersey, com 165.346 e Califórnia com 139.715 contaminações. Nos óbitos, a lista tem Nova York (30.542), Nova Jersey (12.377) e Massachusetts (7.454).

Os EUA lideram com folga o ranking tanto de infecções quanto de mortes. Para se ter uma ideia, é preciso somar os casos dos outros cinco países mais afetados para se chegar a marca de dois milhões: Brasil (772.416), Rússia (501.800), Reino Unido (291.588), Índia (286.576) e Espanha (242.280).

Entre os países mais afetados, os norte-americanos tem uma taxa de 603,1 casos por 100 mil habitantes - atrás apenas de Peru (636,9/100 mil) e Chile (762,2/100 mil). No caso dos falecimentos, após os EUA, aparecem Reino Unido (41.213), Brasil (39.680), Itália (34.114) e França (29.322).

Os EUA haviam passado da marca de um milhão de casos em 27 de abril. Naquele dia, a nação registrava 56.803 vítimas da Covid-19.

No mundo, são 7.394.801 contaminados e 417.022 mortes registradas.

Veja também:

Trabalhadoras de fábricas indianas que produzem para grandes marcas alegam exploração e abusos
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade