2 eventos ao vivo

EUA prendem analista de contraterrorismo devido a vazamentos para jornalistas

9 out 2019
17h16
  • separator
  • 0
  • comentários

Um analista de contraterrorismo da Agência de Inteligência de Defesa dos Estados Unidos foi preso nesta quarta-feira depois de ser acusado de vazar materiais confidenciais a respeito do sistema de armas de um país estrangeiro a dois jornalistas em 2018 e 2019, comunicou o Departamento de Justiça em autos de um tribunal federal.

Veículo do FBI do lado de fora de edifício do órgão em Washington
18/04/2019
REUTERS/Amr Alfiky
Veículo do FBI do lado de fora de edifício do órgão em Washington 18/04/2019 REUTERS/Amr Alfiky
Foto: Reuters

As informações que Henry Kyle Frese, de 30 anos, passou aos jornalistas apareceram em pelo menos oito reportagens diferentes, alegou o Departamento de Justiça em uma acusação sem sigilo num tribunal distrital na Virgínia.

    Os dois repórteres a quem ele vazou informações eram colegas e um deles aparentemente estava envolvido romanticamente com Frese, informou o FBI nos autos judiciais.

Essas reportagens se baseavam em cinco relatórios de inteligência separados, emitidos entre março e junho de 2018.

O Departamento de Justiça não identificou os jornalistas ou seus meios de comunicação, mas disse que cada um trabalhava para um estabelecimento diferente, de um mesmo grupo.

Trata-se do sexto caso federal envolvendo vazamentos de informações confidenciais em pouco mais de dois anos. Uma operação de repressão a vazadores foi iniciada pelo governo Trump em 2017 e ficou a cargo do então secretário de Justiça Jeff Sessions.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade