0

Suspeito de atentados de Boston segue internado em condição "favorável"

24 abr 2013
15h31
atualizado às 15h59

Dzhokhar Tsarnaev, o suposto coautor dos atentados de Boston que permanece ferido em um hospital, se encontra em condição "favorável", informou nesta quarta-feira o centro médico.

O FBI detalhou em comunicado o estado de Tsarnaev, que esta terça-feira passou de "grave" a "favorável", a pedido do hospital Beth Israel, onde o jovem está internado desde que foi detido, na sexta-feira.

Dzhokhar, de 19 anos e origem chechena, começou a se comunicar no domingo com os investigadores federais, primeiro por escrito e através de gestos, já que tem lesões na cabeça, no pescoço, nas pernas e em uma mão produzidas aparentemente durante o tiroteio após o qual faleceu na sexta-feira passada seu irmão de 26 anos, Tamerlan.

Os irmãos Dzhokhar e Tamerlan Tsarnaev são suspeitos de perpetrar os atentados ocorridos no dia 15 de abril durante a famosa maratona de Boston (Massachusetts) com duas bombas feitas com panelas de pressão.

Em consequência dos atentados morreram três pessoas, entre elas um menino de oito anos, e outras 282 tiveram que receber atendimento médico.

Dzhokhar contou aos investigadores que ele e o irmão agiram sós, que não tinham contato com grupos terroristas nacionais ou estrangeiros e que realizaram os atentados por motivos religiosos, assim como movidos pela rejeição às guerras dos EUA no Iraque e no Afeganistão.

EFE   
publicidade